Petronet Informatica !

Nossa empresa é especializada na prestação de serviços direcionados à área de infraestrutura para tecnologia da informação, onde estamos habilitados a atuar em desenvolvimento de projetos tecnológicos diversos, que englobem soluções para redes corporativas de computadores.

REGISTRARseparador MAPA
sombra_menu




Windows ‘Threshold’: Menu Iniciar e Metro em janela


Data da Publicação: 11/12/2013


Dias atrás surgiram algumas informações sobre a nova geração do Windows, que é conhecida atualmente pelo codinome ‘Threshold’ (palavra que significa limiar ou princípio em português). A nova geração do sistema operacional da Microsoft deve chegar ao mercado em 2015 com foco na unificação de plataformas.

Agora a jornalista Mary Jo Foley divulgou mais alguns detalhes sobre o Microsoft ‘Threshold’ e um deles pode agradar boa parte dos usuários que não gostaram do Windows 8/8.1: a possível volta do menu Iniciar.

Windows 'Threshold': menu Iniciar de volta e Metro em janela

Windows ‘Threshold’: Menu Iniciar de volta

De acordo com a jornalista, a nova geração do Windows será dividida em três edições: uma “moderna” para usuários domésticosuma “tradicional” para PCs e uma “tradicional” para o mercado corporativo.

Esta edição “moderna” do Microsoft ‘Threshold’ é focada na interface Metro e nos apps da Windows Store. Esta versão poderá ser disponibilizada para equipamentos com chips ARM e Intel. Ela deverá receber atualizações com frequência através da Windows Store.

Um detalhe é que esta versão “moderna” supostamente não será otimizada para execução de aplicativos Win32 (os aplicativos tradicionais para desktop). Segundo uma das fontes da jornalista, esta versão continuará oferecendo uma área de trabalho para ser utilizada por usuários com mouse e teclado.

Versão “Moderna” e unificação

Ainda sobre a versão “moderna”, esta seria a versão do Windows para a nova geração de smartphones com Windows Phone e equipamentos como tablets/PCs baseados na arquitetura ARM e híbridos de tablets e smartphones (ou phablets, como alguns os chamam).

Isto supostamente corrobora os rumores sobre a unificação do Windows RT com o Windows Phone.

A edição “tradicional” da nova geração do Windows deve ser voltada para o mercado atual de PCs. Esta edição deve incluir a área de trabalho e poderá ser utilizada normalmente com mouse e teclado. Ela também deverá receber atualizações com frequência através da Windows Store.

Já a outra edição “tradicional” terá como foco o mercado corporativo. Ela deve incluir todos os recursos do Windows voltados para este mercado, incluindo o suporte para aplicativos Win32, suporte para Políticas de Grupo, gerenciamento de dispositivos e outros.

Ela poderá ser usada tanto em PCs/notebooks/ultrabooks como em tablets e outros dispositivos. Além disso, os usuários também poderão executar os apps da Windows Store nesta edição sem problemas.

Mercado Corporativo

Por ser voltada para o mercado corporativo, esta terceira edição do Microsoft ‘Threshold’ poderá ser disponibilizada apenas para clientes com contratos de licenciamento por volume.

Também é possível que a Microsoft lance edições específicas do ‘Threshold’ para cenários específicos como dispositivos embarcados, terminais de ponto de venda e outros atualmente cobertos pelas edições do Windows Embedded.

Ainda sobre as duas edições tradicionais do Microsoft ‘Threshold’, também é provável que a nova geração do Windows permita a execução dos apps Metro em janelas na área de trabalho e queambas incluam o menu Iniciar.

Atualmente o botão Iniciar do Windows 8 e 8.1 oferece apenas um menu com acesso rápido a itens como Painel de Controle, Visualizador de Eventos, Executar e Prompt de Comando.

UPDATE – Metro em Janela

metro-janela

Por fim, aparentemente o sucessor do Windows 8.1 permitirá a execução de aplicações  em janela, sem obrigar o seu uso em tela cheia. Essa “novidade” já existe com o ModernMix e é muito bem-vinda para usuários de desktop.

Publicado Por - Baboo


Voltar