Petronet Informatica !

Nossa empresa é especializada na prestação de serviços direcionados à área de infraestrutura para tecnologia da informação, onde estamos habilitados a atuar em desenvolvimento de projetos tecnológicos diversos, que englobem soluções para redes corporativas de computadores.

REGISTRARseparador MAPA
sombra_menu




Microsoft é a quinta empresa mais desejada para trabalhar


Data da Publicação: 22/10/2013


Em qual empresa você sonha trabalhar? Para muita gente a resposta é Microsoft. O LinkedIn analisou interações e interesses de seus usuários e listou as 100 companhias mais desejadas pelos profissionais, como informou publicação do site Business Insider. Entre elas, várias do mundo da internet/tecnologia, como a Microsoft, que ficou no quinto lugar como empresa mais desejada para se trabalhar.

Microsoft-quinta-empresa-desejada-trabalhar

A empresa mais desejada: Executivo do LinkedIn afirma que achar talentos não é fácil

empresa de Redmond, que possui cerca de 150 mil funcionários, atrai principalmente pessoas com habilidades em computação na nuvem, gerenciamento de parcerias e software corporativo, de acordo com a rede social. O quinto lugar coloca a Microsoft a frente de companhias como Facebook e Amazon, mas atrás de Google e Apple.

O Google liderou a lista, atraindo principalmente àqueles com interesse em sistemas distribuídos, Python e Google AdWords. Logo atrás vem a Apple, que é objetivo de pessoas com habilidade em iLife, iWord e OS X. Na frente da empresa fundada por Bill Gates ainda aprecem Unilever e P&G.

No sexto lugar está outra empresa do campo de internet/tecnologia: Facebook. A rede social de Mark Zuckerberg atrai os olhares dos profissionais familiarizados com Phyton, algoritmos e sistemas distribuídos. Em sétimo está a Amazon, desejada por quem trabalha com escalabilidade, algoritmos e sistemas distribuídos, principalmente.

Completam o ranking das quinze companhias mais desejadas PepsiCo, Shell, McKinsey & Company, Nestlé, Johnson & Johnson, BP (British Petroleum), GE (General Electric) e Nike.

“O talento de uma empresa é a sua maior força, mas a contratação de talentos não é fácil”, garantiu o Vice-Presidente de Soluções e Insights de Talentos do LinkedIn, Dan Shapero, ao site Business Insider.

“É por isso que uma marca pró-talentos é importante – quanto mais forte for o atrativo para talentos, mais fácil é de contratar e manter os melhores e mais brilhantes”, completou ele. Esse ano o ranking da rede social contou com mais usuários que não são norte-americanos: 42%, contra 32% da última edição.

Publicado Por - Baboo


Voltar